sábado, 6 de setembro de 2008

Home sweet Home

O meu verão acabou como há muito não acontecia.
Sem nenhum desgosto amoroso.
Apenas eu, mais eu e a vida.
Um belo ménage à trois.
Algo que nunca devia ter prescindido.
Faz engordar?
Faz.
Especialmente a comer espetadas, bolos do caco com manteiga de alho, milho frito, Ponchas de todas as espécies, Nikitas, etc.
Provavelmente mais 4 kg de felicidade.
Não me importo.
Esta quietude interior faz parte de mim.
Não a troco por ninguém.
Agora, calo-me, não quero interromper ninguém de escrever a palavra saudade.
Xiu…



Ps: És a melhor sobrinha do mundo. Sabias piolho? O avião do tio já chegou.

4 comentários:

Pitux disse...

Txi, nem acredito: tu és uma daquelas pessoas que fala na 3ª pessoa com as crianças.

Anônimo disse...

só um pequeno à parte.. mas aqui à algum tmp, fizeste referência ao facto de o teu blog ter "chegado" a Itália mas... tenho que dizer: viste onde chegou tb?! Castro Daire!!! é a verdadeira loucura:)))


agora, só mais uma palavra a acrescentar à saudade: felicidade por te sentir bem*

gosto muito de ti,

mónica

.... ah, espera!! outra palavra: INVEJA!!! muita INVEJA:)))

beijo

Maria Flávia disse...

Castro Daire: guilty :))

Quem gostar de fazer mudanças, está SUPER CONVIDADO!!!!!! :))))

cj disse...

:)

Confesso, Castro Daire tem um je ne c est quoi que o torna especial.

Será a Maria Flávia?
Muito provavelmente, sim.

É uma terra que pretendo conhecer.~
No verão, claro.
Que eu ao frio só mesmo acompanhado.... por Nórdicas :)))).


Também gosto muito de ti menina Mónica.

E da menina Maria Flávia também.


Beijinho